Ministério da Cultura transfere monumentos para câmaras, mas não dá dinheiro

ESTA NOTÍCIA É EXCLUSIVA PARA ASSINANTES

 

Se já é Assinante, faça o seu Login

INFORMAÇÃO EXCLUSIVA, SEMPRE ACESSÍVEL

Ter, 07/08/2018 - 20:30


Autarquias podem ficar com as receitas e funcionários dos monumentos e museus que vierem a gerir, mas não vão receber qualquer envelope financeiro para ajudar a suportar despesas. Presidente da Câmara de Carrazeda diz que há “um pouco de má-fé”

O Governo quer passar a gestão de castelos e outros monumentos nacionais para as câmaras municipais. No entanto, a responsabilidade não é acompanhada de contrapartidas financeiras, o que desagrada aos autarcas.

Jornalista: 
Eduardo Pinto