PUB.

Covid-19 fecha escolas e provoca mais mortes em lares

PUB.

Ter, 10/11/2020 - 12:23


O infantário “Arco-Íris”, em Mirandela, fechou portas depois de se terem registado cinco casos de Covid-19.

Inicialmente foram fechadas duas salas daquele infantário, depois de terem surgido três casos positivos, mas passada uma semana mais duas funcionárias ficaram infectadas. Perante este cenário, a Santa Casa da Misericórdia de Mirandela, instituição que gere o infantário, em consonância com o delegado de saúde, decidiu encerrá-lo. Adérito Gomes, provedor da Santa Casa, disse estar consciente dos constrangimentos que esta decisão iria causar aos pais, uma vez mais de 120 crianças, desde a creche ao pré-escolar, frequentam aquele infantário. Por enquanto ainda não se sabe quando voltará a abrir. No infantário “Miminho”, também gerido pela Santa Casa da Misericórdia de Mirandela, está fechada uma sala de um ano, depois de um bebé de 17 meses ter testado positivo para Covid-19, mas a criança em causa não esteve no infantário, logo após os pais saberem que também estavam infectados. Ainda nas escolas, há duas turmas de Bragança em isolamento. No Centro Escolar da Sé, depois de um aluno ter testado positivo, 23 crianças de uma turma de 3º ano foram mandadas para casa, na passada quarta-feira. A informação foi confirmada pelo director do Agrupamento de Escolas Emídio Garcia, que explicou que quarta-feira todos os alunos e um docente vão ser sujeitos a testes, mas para já não aparentam. Também uma turma de 4º ano da escola de primeiro ciclo da Misericórdia de Bragança está em isolamento, depois de um dos alunos ter ficado infectado com o novo coronavírus. Em Macedo de Cavaleiros três turmas, do 1º e 2º anos, do Agrupamento de Escolas estão também em isolamento. Depois de terem sido confirmados contágios entre familiares de alunos a Delegada de Saúde determinou que cerca de 60 alunos vão permanecer em casa durante, pelo menos, dez dias. Segundo Paulo Dias, director do agrupamento, as crianças continuam a ter aulas à distância. Em Mirandela, há também um surto de Covid-19 no lar “Hospitel”, um dos lares geridos também pela Santa Casa. Neste momento, há 20 utentes infectados e 4 funcionários. O primeiro caso detectado foi de uma funcionária, no passado dia 3 de Novembro. Até agora, apenas um utente infectado está internado, todos os outros mantêm-se nas instalações, depois de ter sido criado um circuito Covid, no piso térreo do edifício. Já foram testados todos os colaboradores, num universo de 40, e todos os utentes, num total de 80. Entretanto, o número de mortes no distrito também aumentou. Faleceram duas utentes do lar de Vilarinho dos Galegos, no concelho de Mogadouro, vítimas do novo coronavírus. As idosas, de 85 e 86 anos, estavam hospitalizadas e tinham outras patologias associadas. No total, há 13 utentes infectados e três funcionárias. Ainda em Mogadouro, num dos lares da Santa Casa da Misericórdia, há três funcionários infectados e um utente. Na estrutura residencial para idosos de São João Baptista, gerida pela instituição, já foram, entretanto, testados todos os utente e funcionários num total de 97 pessoas, depois de uma funcionária ter tido conhecimento que estava infectada, avançou o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, João Henriques. Todos os utentes, num total e 50, já foram testados e todos os funcionários, num universo de 47. Também duas funcionárias da Estrutura Residencial para Idosos São João de Deus testaram positivo para a Covid-19. Os casos também já chegaram à autarquia de Freixo de Espada à Cinta. Há 11 casos de Covid-19, mas segundo a presidente da câmara o surto está confinado apenas à secção as obras. “Assim que houve o primeiro caso positivo a secção de obras, que funciona à parte do edifício da câmara, foi logo fechada e ficou logo toda a gente em casa. Foram testados os funcionários e outros que tinham directamente a ver com eles. Já não falta saber mais nenhum resultado”, explicou Maria do Céu Quintas. Ao longo da semana, também recuperaram 58 pessoas da Covid-19.

Jornalista: 
Ângela Pais