PUB.

Mirandela pede contributo dos munícipes para construção da Agenda 2030

PUB.

Ter, 10/11/2020 - 12:19


Mirandela está a trabalhar na Agenda Estratégica para 2030 do concelho e vai pedir o contributo dos munícipes.

A estratégia local deve criar um projecto de desenvolvimento sustentável para a próxima década de convergência com a realidade europeia. A presidente do município de Mirandela, Júlia Rodrigues, explica que, em vez de um conjunto de técnicos ou um gabinete de especialistas, a decisão recaiu sobre pedir aos cidadãos que expressem a sua opinião. “Consideramos que a participação dos mirandelenses é fundamental para que o documento estratégico que for aprovado seja também aquilo que todos nós pensamos sobre o futuro do nosso concelho. Queremos que os munícipes participem, que sejam pro-activos na construção da agenda estratégica para a década”, justifica a autarca. A recolha de informação sobre quais os investimentos considerados mais importantes para desenvolver o concelho já começou e vai acontecer através de várias formas. “Decidimos fazer inquéritos a todos os munícipes, por duas vias: através da internet ou então através de um inquérito que foi distribuído com o boletim municipal, que podem depois enviar por correio com porte pago. Depois vamos ter muitas iniciativas que poderão ser presenciais ou, preferencialmente, por videoconferência”, explicou. Estas reuniões temáticas vão “versar sobre várias áreas, da cultura, educação, ao desporto economia e coesão territorial”, assuntos que vão integrar a Agenda Estratégica 2030. O município conta ter a agenda estratégica para a década pronta na próxima primavera e que venha a ser apresentada no próximo ano. O documento estratégico será depois tornado público num seminário final.

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro