Clubes dos distritais em risco de não subir ao Campeonato de Portugal

Qui, 13/05/2021 - 16:13


Os clubes dos campeonatos distritais, que terminaram de forma prematura, propostos para subir ao Campeonato de Portugal correm o risco de não serem promovidos.

Segundo o comunicado 507 da Federação Portuguesa de Futebol, emitido após uma reunião da direcção, realizada ontem, foi ratificada a deliberação do Comité de Emergência da FPF que “no acesso a provas nacionais na época 2021/2022, a Federação Portuguesa de Futebol reserva-se no direito de recusar ou avaliar a admissão de qualquer clube proposto cuja competição distrital ou regional de acesso a prova nacional tiver terminado prematuramente”.

Um dos casos apontados pela FPF é o facto de as “competições distritais ou regionais não terem terminado prematuramente com base em motivos legítimos e justificados ou com base em qualquer motivo legítimo relacionado com saúde pública”. 

No caso da A.F. Bragança não se aplicará já que a Divisão de Honra terminou, após a primeira volta do campeonato, com nove jornadas realizadas, por não haver condições para a retoma devido à pandemia, ou seja por questões de saúde pública. O Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros, equipa que aquando do término da competição ocupava o primeiro lugar, com 17 pontos, deverá, por isso, subir ao Campeonato de Portugal.

 

Jornalista: 
SM