PUB.

Feiras reabrem na totalidade a partir de quinta-feira

PUB.

Ter, 26/05/2020 - 11:54


Decisão tomada após avaliação positiva da primeira fase de reabertura

As feiras semanais e quinzenais, nos nove concelhos que compõe a Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes, vão reabrir na totalidade a partir de quinta-feira, dia 28 de Maio. A CIM-TTM já tinha decidido abrir, no início do mês, os mercados de produtos locais, que se realizam no âmbito das feiras. Até agora só era permitida a venda de produtos hortícolas e da terra, como forma de não comprometer as plantações, já que é época de renovo, mas as feiras voltarão a receber os restantes feirantes, comerciantes e vendedores. A decisão, tomada por unanimidade, resultou da avaliação da primeira fase de reabertura das feiras. “A forma como se processou o recomeço desta actividade económica, com vendedores e público a demonstrarem capacidade de adaptação e cumprimento das normas impostas pela nova realidade trazida pela pandemia de Covid-19, levou os presidentes de câmara das Terras de Trás-os-Montes a decidirem pela reabertura das feiras a todos os vendedores”, lê-se em comunicado. Artur Nunes, presidente da CIM-TTM, assegurou ainda que, para que tudo corra dentro da normalidade, está a ser elaborado um plano de contingência, de forma a que as pessoas conheçam as regras que as feiras devem seguir. “É preciso valorizar as pessoas porque cada vez mais há consciencialização do problema que está instalado”, frisou.

A adopção desta medida, segundo avançou ainda Artur Nunes, está relacionada com a evolução favorável da situação epidemiológica na região e vai também ao encontro da Resolução do Conselho de Ministros de 17 de Maio, que prevê a abertura de feiras e mercados. Além disso, também considera que esta é uma forma de apoiar a actividade económica no território. “A nossa missão é olhar para a economia como um grande motor. Não podemos abrir tudo de uma vez, mas temos que ir avaliando e ver como podemos apoiar o comércio e a indústria”, explicou.

As feiras foram suspensas no dia 11 de Março, altura em que o Conselho Intermunicipal, numa atitude preventiva, deliberou o cancelamento desta atividade. Cerca de dois meses e meio depois, estes espaços voltam abrir na totalidade nos concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vimioso e Vinhais, nos dias em que habitualmente se realizavam.

Também a Comunidade Intermunicipal do Douro, que, dos 19 municípios que a compõem, integra os de Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo, tomou, por unanimidade, a mesma deliberação. Neste caso, “respeitando os planos de contingência específicos, que serão apresentados pelos municípios”, conforme se lê em comunicado, as feiras foram retomadas na quarta-feira, dia 20 de Maio.

Jornalista: 
Carina Alves