Michael Santulhão assume comando técnico do SV Hellas Ludenscheid

Sáb, 01/05/2021 - 23:00


O técnico, de 38 anos, natural de Mirandela vai orientar o clube mais grego da Alemanha.

Depois de se ter estreado no comando técnico de uma equipa sénior na temporada passada, no DJK Gummersbach, da Kreisliga B, Michael Santulhão tem pela frente um novo desafio.

O treinador mirandelense assinou contrato com o SV Hellas Ludenscheid da série A da Kreisliga, que tem como objectivo a subida aos campeonatos profissionais.

“Trata-se de um projecto de subida. O clube é de origem grega e quer entrar para a Oberliga, a 5ª divisão alemã, que é semi-profissional. O Hellas Lüdenscheid já esteve nos campeonatos profissionais. Agora o objectivo é devolver o clube aos nacionais e cabe-me a mim essa tarefa. No plantel conto com um ex-profissional grego, que jogou na 1ª e na 2ª Liga Grega, o Iraklis Klazoglou”, referiu.

Michael Santulhão está entre os transmontanos que tem mostrado trabalho fora de Portugal no futebol.

O treinador tem dupla nacionalidade, portuguesa e alemã, viveu até aos 14 anos na Alemanha, fixando-se, mais tarde, em Mirandela.

À semelhança de outros técnicos tem uma vida toda ligada ao futebol. Foi jogador no S.C. Mirandela. Da cidade do Tua rumou a Vila Real e fez todo o trajecto académico em Aveiro, onde acabou por se estabelecer durante alguns anos e chegou a jogar no Gafanha.

No regresso à Alemanha, Michael Santulhão trabalhou numa escola de formação na Áustria, ingressando depois no Hertha de Munique para orientar os sub-17 e a equipa B.

Seguiu-se o Wacker Burghausen, o SV Áustria Salzburgo, o DJK Ingolstadt e o VFB Eischstatt.

Na temporada passada estreou-se a treinar um plantel sénior no DJK Gummersbach e prepara-se, agora, para assumir o comando técnico do SV Hellas Ludenscheid.

 

Jornalista: 
Susana Madureira