PUB.

Crónicas de ...

PUB.

Diria um amigo meu que ainda bem que há ilusões, pois se as não houvesse ficaríamos mais depressa desconsolados, seja lá o que isso possa significar. Sim, já que há vários tipos de desconsolos. Não sei se o facto de podermos ter ilusões seja na realidade um facto positivo, já que quando elas se...

Publicada em: 10/20/2020 - 11:15
Luís Ferreira

A túnica de Nesso é o título de um livro do notável escritor que foi Tomaz Figueiredo o qual considero no restrito naipe de fecundos guardiães e criadores da língua portuguesa a emparceirar com Francisco Manuel de Melo, Manuel Bernardes, António Vieira, Camilo, Eça, Raul Brandão e Vitorino...

Publicada em: 10/20/2020 - 11:14
Armando Fernandes

Boas tardes, boa gente. Que o Outono vos traga saúde, paz e muita castanha. Aqui há tempos foi notícia uma lasciva aventura a três que uns jovens tiveram na carruagem de um comboio da linha da Azambuja ou linha do Norte (de Lisboa). Nao é propriamente uma notícia, é uma decorrência de todo e...

Publicada em: 10/20/2020 - 11:12
Manuel João Pires

A sapiência popular, digna de todo o respeito, diz que no melhor pano cai a nódoa e disso não restam dúvidas, mas também costuma dizer que quem muito fala pouco acerta. Não podemos duvidar desta sabedoria já que ela é demasiado certa e acutilante. Prova disso é o que aconteceu aos Presidentes do...

Publicada em: 10/07/2020 - 10:10
Luís Ferreira

A multidão de comentadores criticou acerbadamente o estilo acídulo e grosseiro do presidente dos Estados Unidos no primeiro debate relativo à campanha eleitoral para as presidenciais nas quais ele é candidato. Têm razão os comentadores em denunciarem o grotesco «cavalheiro de indústria», porém...

Publicada em: 10/07/2020 - 10:09
Armando Fernandes

Boa tarde a todos, principalmente aos que vivem o luxo, e se calhar não sabem, de se assomarem à rua para se sentarem no banco de pedra à porta de casa e ficarem a ver os fins de tarde passar. Bem haja vós! Aqui perto de mim quando passo pelos fins de tarde vejo um restaurante que tem sempre...

Publicada em: 10/07/2020 - 10:08
Manuel João Pires

Evoquei, já, a importância de dois livros no meu despertar para a literatura: Narrativas e Lendas da Antiga Grécia (1956), de Nathaniel Hawthorne, e Coração, de Edmondo De Amicis. Recebi-os de uma prima, em 1961, tinha eu cinco anos, quando começava a ler. No limiar da tese de doutoramento,...

Publicada em: 09/29/2020 - 11:53
Ernesto Rodrigues

O que devemos prezar, mais do que outra coisa qualquer, é a saúde, mas nem sempre assim é. Em variadas ocasiões e momentos mais ou menos solenes, desejamos saúde, felicidade, alegria e claro muitos anos de vida para gozar tudo isso. Faz parte intrínseca da cultura do povo português que desde...

Publicada em: 09/22/2020 - 12:49
Luís Ferreira

O poeta, jornalista e escritor para crianças escreveu um delicioso livro com o título que surripiei para dar nome a esta crónica e, que caracteriza exemplarmente o País nos tempos correntes. Só de pernas Para o Ar a Pátria Portuguesa pode suportar a generalizada gritaria que nem num dia de feira...

Publicada em: 09/22/2020 - 12:48
Armando Fernandes

Bom dia, terra quente, nesta altura não há por aí terras frias, pelo menos antes de o sol se pôr. Como vão esses fins de tarde? Espero que muito bem. Ora, peço desculpa mas hoje dentro deste pequeno rectângulo mando eu e daqui ninguém me tira. Como nos tempos de infância quando nas férias se...

Publicada em: 09/15/2020 - 09:59
Manuel João Pires