Bragança já trabalha e assume objectivo de regressar ao nacional

PUB.

Seg, 14/08/2023 - 23:22


Os brigantinos contam com sete caras novas neste defeso, mas o plantel ainda não está fechado. Capelo, capitão de equipa, assume objectivo da subida

O Grupo Desportivo de Bragança já trabalha. Os brigantinos iniciaram esta segunda-feira a pré-época, tendo em vista a participação no campeonato distrital da A.F. Bragança.

O plantel sofreu algumas mexidas, mas manteve grande parte dos jogadores da época passada. O guarda-redes André Reis, os centrais Hidélvis e Passas, os médios Capelo, Nuno Silvano, Francisco Estanga, Marco Trigo e Kika, e os avançados Helton e Abbas.

O capitão de equipa, Capelo, está completamente focado no regresso ao Campeonato de Portugal. “Há muitas caras novas e vários jogadores que renovaram. Agora, é trabalhar na máxima força nas próximas semanas para começarmos bem o campeonato e voltarmos a colocar o Bragança no sítio que merece”, afirmou.

Foram promovidos à equipa principal os jovens Leonardo Matos e Hélder Daniel.

Quanto a reforços estão confirmadas sete contratações: o guarda-redes Ruben Gonçalves (ex-Argozelo), os defesas Elias (ex-Argozelo), André Lima e João Morais (ex-Sobrado), os médio Ruben Ferreira (ex-Macedo) e Rui Tavares (ex-Macedo), e o avançado Henrique (ex-Gondomar B).

No arranque dos trabalhos, João Morais mostrou para o que vem e o motivo pelo qual aceitou a proposta dos canarinhos. “O principal motivo é a grandeza do GDB”, afirmou.

O jovem defesa, de 23 anos, alinha pelo mesmo discurso do capitão e deixa uma promessa aos sócios e adeptos. “Prometemos futebol de qualidade e vamos fazer tudo para voltar a colocar o Bragança no seu devido lugar, no nacional”.

No primeiro dia da pré-época, Nuno Gonçalves, técnico do GDB, não abre o jogo sobre a forma como quer ver a equipa jogar, mas sabe que “o melhor sistema táctico é o que ganha jogos”.

O treinador, que na época passada orientou o Leça do Balio, quer uma equipa “competitiva, com raça e muita entrega para dignificar o clube, a cidade e a região”.

Nuno Gonçalves acompanha atentamente o mercado de transferência do distrital e sabe que o Bragança vai ter concorrência na corrida ao título e à subida. “Sabemos que somos um alvo a abater, pois descemos e somos candidatos a subir. Temos de trabalhar para ultrapassar as dificuldades”, referiu o treinador.

Para a nova temporada, o orçamento do Grupo Desportivo de Bragança ronda os 100 mil euros, um valor praticamente igual ao das épocas anteriores. Em termos desportivos, Paulo Afonso, presidente do clube, está confiante no regresso ao Campeonato de Portugal. “O objectivo é subir e tudo iremos fazer para o conseguir. Penso que temos um plantel muito competitivo e que nos dá garantias para alcançar a subida”.

O plantel do GDB ainda não está fechado e os próximos dias vão chegar reforços para o ataque. Nuno Gonçalves pretende um plantel de 23 jogadores, no máximo.

O técnico vai ser coadjuvado pelos adjuntos Pedro Afonso e Luís Tomé.

Foto de GD Bragança 

Jornalista: 
Susana Madureira