PUB.

Macedense faz história e garante subida à 2ª Divisão Nacional de Futsal feminino

PUB.

Dom, 15/11/2020 - 10:15


O triunfo (4-6) frente ao Futsal Campo colocou a equipa de Macedo de Cavaleiros na nova prova da Federação Portuguesa de Futebol, o Campeonato Nacional da 2ª Divisão de Futsal feminino.

É um momento histórico para o Grupo Desportivo Macedense e para o futsal feminino no distrito de Bragança. Pela primeira vez uma equipa do nordeste transmontano vai competir num campeonato nacional de futsal.

O feito foi conseguido no sábado após o triunfo fora de portas, 4-6, frente ao Futsal Campo, na penúltima jornada da série A da Taça Nacional.

O Macedense esteve sempre em desvantagem, conseguiu empatar (3-3) antes do intervalo e na segunda metade chegou à vitória. Foi um jogo complicado para as comandadas de Paulo Touças, desde logo pelo facto de o jogo se ter realizado às 11h00.

“Não foi nada fácil. O tempo de descanso das atletas foi reduzido drasticamente dado que saímos de Macedo para Barcelos às 06h30. Relativamente ao jogo, foi difícil já que a quadra de jogo é muito mais curta em largura e comprimento do que o habitual, tendo também tabelas à volta o que nos condicionou em muito na nossa forma de jogar. Tivemos bastantes dificuldades na primeira parte. Ao intervalo fizemos os devidos ajustes e a equipa respondeu de forma brilhante”, disse o técnico.

No jogo destaque para a guarda-redes Ana Correia que marcou de baliza a baliza. Quanto aos restantes golos foram apontados por Vanessa, Telma, Levz e Irene Favas que bisou.

Esta é uma conquista especial numa temporada atípica, condicionada pela pandemia da Covid-19 e quando a equipa macedense era apontada “como outsider”, frisou Paulo Touças.

Para o treinador “é impossível descrever por palavras tudo o que se sente” perante um feito destes, fruto do trabalho de toda a equipa. “Quando um grupo está unido e focado em torno do mesmo objectivo é mais fácil trabalhar e conseguir ultrapassar os obstáculos que vão surgindo. É um verdadeiro orgulho ter parte activa no crescimento deste grupo que apenas se formou na época passada e num curto espaço de tempo atinge a segunda divisão nacional”.

O GDM regressou há duas épocas ao futsal feminino e na temporada passada conquistou todos os troféus que havia para vencer, com destaque para o título e taça distrital. Agora, as macedenses vão disputar a nova competição da FPF, a 2ª Divisão de Futsal feminino.

Aos 34 anos, Paulo Touças também inscreve o seu nome na história do futsal feminino. Depois de 13 títulos/troféus (9 nos Pioneiros de Bragança e 4 no Macedense) junta ao seu currículo a subida de divisão. “Era o que faltava. É histórico para mim, para as atletas, para o clube e para o nosso distrito. Acho que estas atletas merecem outro tipo de reconhecimento pois o feito que conseguiram não pode passar despercebido”.

Na última jornada, marcada para próximo sábado (dia 21), o Macedense recebe o Tebosa, que também já garantiu a presença na 2ª divisão. Seja qual for o resultado não interfere na classificação.

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira