PUB.

Rebordelo ‘cai de pé’ na Taça de Portugal

PUB.

Qua, 28/10/2020 - 21:58


A equipa do concelho de Vinhais participou pela terceira vez, em 23 anos de história do clube, na Taça de Portugal. O Rebordelo perdeu por 1-3 com o Varzim mas ainda deu luta aos poveiros.

O Varzim teve de puxar dos galões, neste caso de George Ofuso e Irobiso na segunda metade, para garantir a passagem à terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Os dois jogadores saltaram literalmente do banco para agitar o ataque dos poveiros e deu resultado.   

O jogo não foi fácil para a equipa de Miguel Leal que a jogar em campo sintético sentiu dificuldades para impor os seus processos ofensivos. Só uma infelicidade do capitão do Rebordelo permitiu aos forasteiros chegar à vantagem. Aos 33’, Fernando Clemente fez autogolo na tentativa de desviar o cruzamento de Rui Silva.

Os locais fizeram de tudo para travar as investidas do Varzim e para isso muito contribuiu a boa prestação do guarda-redes Bruno Rato, que logo aos 6 minutos fez uma grande defesa ao travar o remate de Stanley.  

Apesar da desvantagem, o Rebordelo nunca atirou a toalha ao chão e, na segunda metade, numa excelente jogada de Rabiço pelo corredor central nasce o golo do empate aos 49 minutos. Aroldinho deu a estocada final e restabeleceu o empate, 1-1.

Descontente com o rumo do jogo, Miguel Leal, técnico do Varzim, apostou todas as fichas e acertou. Desde logo a entrada de George Ofusu, o avançado ganês trouxe mais dinâmica ao ataque, e de Irobiso que saltou do banco para devolver a vantagem ao Varzim aos 77’. 

Já perto do apito final (89’) Fatai fez o 1-3 e sentenciou o jogo, garantindo a passagem dos poveiros à 3ª eliminatória da Taça de Portugal, onde vai defrontar a Académica de Coimbra.  

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira