Opinião

15/04/2016

Francisco Manuel Alves – o Abade de Baçal, mas também o Robespierre, o Robs, o Grande, o Frade no dizer de amigos e condiscípulos – nasceu no então Bairro Novo de Baçal, na rua do «Paceo ou Pacio», conforme ele diz, às 7 da manhã de 9 de Abril de 1865.

15/04/2016

Nesse dia as mulheres ainda usavam panos higiénicos para susterem a menstruação, os soldados pintados quais lagartos ao sol carregavam sacos de lona verde onde levavam os pertences rumo às colónias no fito de defenderem a Pátria envolvida numa guerra contra a evidência histórica.

15/04/2016

Em crónica recente, neste mesmo jornal, Ernesto José Rodrigues, evidenciou de forma clara e brilhante as razões técnicas e históricas para a localização em Bragança do ainda embrionário Museu da Língua. Em consonância com o que publicamente tem afirmado Adriano Moreira.

15/04/2016

Há já bastante tempo que nos sobra mês para o dinheiro que temos. Como não consegue esticar, ele acaba-se, quando ainda vem longe o dia 30 e nada se pode fazer para contrariar tal situação.

12/04/2016

O foco do treinador de futsal deve ser o treino, o potenciar de experiências significativas por forma preparação para o jogo.
O treino deve contemplar as diversas dimensões no e do jogar, com base no nosso modelo de jogo, preconizado para aquele grupo de pessoas.

06/04/2016

A corrida está cada vez mais na moda, a cada dia que passa há mais gente a correr e há cada vez mais provas de corrida, quase para todos os gostos.
Então porque corremos?

06/04/2016

A corrida está cada vez mais na moda, a cada dia que passa há mais gente a correr e há cada vez mais provas de corrida, quase para todos os gostos.
Então porque corremos?

05/04/2016

Não sou político nem tão pouco comentador; muito menos versado em relações internacionais.

05/04/2016

Nos últimos anos, o nosso dia-a-dia tem sido pautado pela soma de pais, avós e familiares que, de uma forma muitas vezes forçada, veem partir os seus filhos para fora de Portugal.

05/04/2016

Por uma questão de honestidade intelectual, para que ninguém diga que me plagio a mim mesmo, começo por dizer que a ideia que de seguida exponho já a expressei noutro local, com outro propósito.