Opinião

20/10/2020

Boas tardes, boa gente. Que o Outono vos traga saúde, paz e muita castanha. Aqui há tempos foi notícia uma lasciva aventura a três que uns jovens tiveram na carruagem de um comboio da linha da Azambuja ou linha do Norte (de Lisboa).

20/10/2020

Na década de 1740, os Borges apresentavam-se como uma típica família da “nação judaica” de Bragança: 4 dos 5 filhos de Pedro Borges e Maria Mendes viviam de fabricar sedas. O outro filho, António Mendes Borges, era advogado, tendo-se formado pela universidade de Coimbra.

13/10/2020

Escrevo este texto, para publicação no Jornal Nordeste, ouvindo, na cristalina voz de Isabel Silvestre, a canção “A Gente não lê” da famosa dupla Carlos Tê/Rui Veloso.

13/10/2020

Nangololo é uma localidade situada no Planalto dos Macondes, bem no coração de Cabo Delgado, a província mais a norte de Moçambique.

13/10/2020

A indiferença com que as sociedades, nomeadamente as ocidentais, têm encarado a política tem sido objeto de debate sem que, contudo, se tenha alterado a forma como esta dimensão é olhada pelas gerações que se sucedem.

13/10/2020

No momento em que se retoma toda a preocupação com a escola e o «eterno regresso» dos conceitos de como educar, também a mim me interpela esse universo de uma forma nova. Nasceu há exactamente um ano, dia 9 de agosto. Como ele é recente nesta terra.

13/10/2020

Celebrar o Kipur é condição essencial para ser judeu. E assim o entendiam e praticavam os cristãos-novos de Bragança, ao fim de dois séculos de perseguição inquisitorial e vivência religiosa clandestina.

07/10/2020

A sapiência popular, digna de todo o respeito, diz que no melhor pano cai a nódoa e disso não restam dúvidas, mas também costuma dizer que quem muito fala pouco acerta. Não podemos duvidar desta sabedoria já que ela é demasiado certa e acutilante.

07/10/2020

A multidão de comentadores criticou acerbadamente o estilo acídulo e grosseiro do presidente dos Estados Unidos no primeiro debate relativo à campanha eleitoral para as presidenciais nas quais ele é candidato.

07/10/2020

Boa tarde a todos, principalmente aos que vivem o luxo, e se calhar não sabem, de se assomarem à rua para se sentarem no banco de pedra à porta de casa e ficarem a ver os fins de tarde passar. Bem haja vós!