Opinião

01/12/2020

Nunca pensámos que isto acontecesse. São muitos os que estas palavras pronunciam. São os nossos que a um ritmo vertiginoso nos vão deixando sem que possamos pronunciar um adeus.

01/12/2020

Quanto mais tempo passamos sozinhos, mais tempo achamos que conseguimos passar sozinhos. É uma espécie de ciclo vicioso. Ou viciado. E não parece que faça mal. Estar sozinho, tendo como definição estar, de facto, sem companhia, a não ser nós mesmos.

01/12/2020

Nunca se imaginou tal coisa. Durante séculos, arreigou- -se no mundo inteiro, o hábito de juntar a família para celebrar o nascimento do Menino.

01/12/2020

O investigador Jorge Lage tem consagrado anos de estudo e enaltecimento do fruto/pão das gentes transmontanas que outrora tinham na castanha elemento primacial para o fabrico do pão ganho com o suor do rosto e o sangue das mãos escalavradas no espinhoso amanho dos campos.

24/11/2020

A partir de dezembro, a Câmara de Moncorvo vai atribuir um vale no valor de cinco euros a cada munícipe que acumule cinquenta euros de compras no comércio local.

24/11/2020

Nem Rui Rio é santo nem André Ventura é diabo, ou vice- -versa. A aliança que acabam de protagonizar e que viabilizou um governo do PSD na Região Autónoma dos Açores, também não é santa e muito menos diabólica. É democrática, tão-só.

24/11/2020

Agora já tudo são águas passadas, mas não se pode dizer que a minha entrada para a profissão tenha tido algo de honroso ou edificante, bem pelo contrário.

24/11/2020

Quando se viveu o primeiro confinamento e se assistia à romantização da pandemia de onde sobressaiu a frase “Andrà tutto bene”, tive a preocupação de não embarcar nessa onda e, já em março, referi que o covid não iria passar tão depressa e que “o maior teste vai ser à capacidade de resiliência de

24/11/2020

A festa fez-se. Com ordem, com calma e na escrupulosa observância das exigências que as autoridades sanitárias impuseram. Uma organização cuidada, aliada ao sentido cívico dos participantes permitiram que a festa o fosse e fosse, posteriormente, elogiada por muitos insuspeitos. Mas não teve paz.

24/11/2020

A lista enviada pelo comissário Bartolomeu Cruz contava 18 nomes de homens que poderiam ser familiares da inquisição: 12 moradores em Bragança e 6 em aldeias do termo.