PUB.

Argozelo colado à liderança

ESTA NOTÍCIA É EXCLUSIVA PARA ASSINANTES

 

Se já é Assinante, faça o seu Login

INFORMAÇÃO EXCLUSIVA, SEMPRE ACESSÍVEL

Ter, 06/12/2016 - 15:54


O Argozelo venceu, no domingo, o Vimioso por 2-1 no dérbi concelhio da jornada 7 da Divisão de Honra da A.F.Bragança.
Um triunfo que mantém a formação de António Forneiro na liderança do campeonato a um ponto do Sendim, segundo classificado.

Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos da Terra Fria já acompanhou mais de 200 famílias

Esta iniciativa, resultado de uma parceria entre a Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, as três Câmaras Municipais dos concelhos abrangidos e a Fundação Calouste Gulbenkian, tem contribuído para que um maior número de doentes com patologias crónicas, progressivas e incuráveis possam permanecer nos seus domicílios, durante o maior tempo possível, acompanhados por uma equipa multidisciplinar, disponível 24 horas por dia, que assegura uma assistência clínica especializada nas suas próprias casas.

“Três ás”, o sapateirinho

Ter, 06/12/2016 - 10:07


Olá familiazinha! Estamos chegados ao último mês do ano, o do Natal!
Hoje, dia 6 de Dezembro, é um dia muito especial para mim, pois é dia do santinho do meu nome, São Nicolau, que, em alguns países, simboliza o pai Natal, sendo este o dia da troca de prendas. Consultando o seringador sabemos que neste mês de Dezembro se deve semear cebola, couves, nabiças, rabanetes, espinafres, agriões.
O que se deve plantar: couves diversas (nomeadamente repolho e couve-flor); alhos e cebolas; macieiras e pereiras.
O que se deve colher ou apanhar: azeitonas, nozes, pinhões, dióspiro, limão, laranja, tangerina, maçãs, pêras, kiwis, romãs.
Outros trabalhos a não esquecer: preparam-se talhões e canteiros para as culturas próprias da época e também para as da próxima Primavera.
A terra tem de ficar bem afogada e sem terrões, incorporando-se nessa altura o estrume, que convém não estar completamente curtido, no caso de se tratar de canteiros destinados às culturas de Primavera.
O nosso tio dos três ás, Alexandre António Aleixo , o fadista de Além-do-Rio, aqui de Bragança, vai apresentar-se aos nossos leitores, ele que é o nosso sapateirinho e também poeta nas horas vagas.