A Saúde Oral é muito mais do que uma boca livre de cárie

“Saúde Oral é quando o indivíduo se encontra livre de dor crónico-oro-facial e de neoplasia da cabeça e pescoço, sem lesões dos tecidos moles, sem alterações de fenda labial ou palatina ou outras patologias que afetem a cavidade oral, dentes e tecidos craniofaciais (CDC, 2000). CDC, Centers for Disease Control and Prevention

No Olho Clínico desta semana damos-lhe a conhecer algumas das patologias mais frequentes que podem afetar a sua saúde oral e, o mais importante, lembramos-lhe que deve esclarecer sempre as suas dúvidas com um médico dentista.
 Cárie Dentária é um processo patológico, infecioso, pós-eruptivo e de origem externa, que se caracteriza por uma destruição progressiva dos tecidos mineralizados dos dentes, evoluindo naturalmente para cavidade. É de etiologia multifatorial, podendo os diversos fatores etiológicos ser agrupados em primários, essenciais à ocorrência da doença, e secundários, que influenciam a evolução das lesões.
 Afta é uma ulceração na mucosa bucal, com incidência normalmente isolada, porém com recorrência múltipla em alguns casos, principalmente em decorrência a estomatites, sendo de 30 a 40 % dos pacientes manifestando histórico familiar.
Caracteriza-se por erosões dolorosas na superfície interna da cavidade oral.Entre as causas que implicam o aparecimento da afta estão: stress emocional, fadiga, alterações hormonais, traumas como mordidas acidentais, distúrbios gástricos ou intestinais, perda repentina de peso, alergia a alimentos e deficiência de vitaminas ou carência de sais minerais.
 Língua geográfica também chamada de glossite migratória benigna, erupção errante da língua ou eritema migratório, é uma condição que ainda não apresenta uma causa definida, porém muitos autores relacionam-na com estresse e distúrbios hormonais. Estima-se que aproximadamente 1% da população apresente essa patologia. As lesões podem causar ardor na língua do paciente, principalmente quando este se alimenta de alimentos com grande quantidade de condimentos e frutas cítricas. Entretanto, a língua geográfica, de uma maneira geral, não é uma enfermidade que apresenta sintomas, configurando-se como uma patologia benigna que não causa danos graves ao organismo.
 Cancro oral é definido pela Classificação Internacional de Doenças pelo conjunto de tumores malignos que afetam qualquer localização da cavidade oral, dos lábios à garganta, (incluindo as amígdalas e a faringe). A sua localização mais comum é no pavimento da boca (mucosa abaixo da língua), bordo lateral da língua e no palato mole. O Cancro Oral está associado a índices de mortalidade elevados, que se deve em grande parte ao seu diagnóstico tardio.
 Candidíase oral é uma infecção causada pelo excesso de fungo Candida albicans na boca, que causa infecção, geralmente, em bebês, devido a sua imunidade ainda pouco desenvolvida, ou em adultos com o sistema imune enfraquecido devido a gripes, doenças crônicas ou HIV.
 Líquen plano oral é uma forma de líquen plano e pode ou não estar associada a lesões de pele. As manifestações são mais comuns na mucosa oral, porém pode afetar qualquer outra mucosa do corpo. Pode ser doloroso.
 Herpes labial é uma infeção viral e contagiosa nos lábios, na boca ou nas gengivas causada pelo vírus do herpes simples. A doença é caracterizada principalmente pelo surgimento de bolhas pequenas e doloridas.
 Gengivite é o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa - uma película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva.
 Periodontite é a inflamação e infeção dos ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes. A periodontite é uma doença comum, porém perfeitamente possível de ser prevenida. Esse problema não é comum na infância, mas aumenta durante a adolescência.
 Halitose é o termo médico utilizado para designar a presença de um hálito desagradável. Estima-se que até cerca de 30% da população mundial possa sofrer deste problema de uma forma frequente, independentemente do sexo, idade e classe social. Num estudo realizado em Portugal, a prevalência de halitose encontrada foi de 49,5%.
 A xerostomia (também conhecida como boca seca) é um sintoma relacionado com a falta de saliva. A xerostomia pode causar dificuldade em falar e comer. Também pode levar à halitose e aumento dramático de cáries dentárias, já que o efeito de proteção da saliva não está presente, e também pode fazer com que a mucosa da boca se torne mais vulnerável a infeções.

Dr.ª Daniela Prada
Médica Dentista
Unidade Local
de Saúde do Nordeste