Edição de 31-10-2014

“Estamos a caminhar para o deserto cinegético”
É caçador, é membro da Federação das Associações de Caçadores Transmontanas e Durienses e já foi responsável pelos serviços de caça do Estado no distrito de Bragança. Actualmente, Álvaro Barreira denuncia o caos, a desorganização e falta de fiscalização no sector da caça.

foto

Trabalho não declarado aumenta no distrito
A situação irregular aumenta com a crise, apontam responsáveis da Autoridade para as Condições de Trabalho

foto

Vinhais
Mais de 25 mil pessoas provaram a castanha Vinhais
»Terminou anteontem a nona edição da Rural Castanea. Expositores satisfeitos com o volume de vendas

Mirandela
75 novos postos de trabalho em Mirandela
Contact-center pode criar 60 postos de trabalho, a juntar aos 75 que surgiram com a ajuda do Gabinete

Fungo destrói produção de castanha na região
Produtores de Espinhosela, no concelho de Bragança, estão desolados com o estado em que ficaram os soutos

Palaçoulo
Cinema Francês fez festa na aldeia
Quatro freguesias do concelho de Miranda do Douro receberam, com entusiasmo, projecções de filme francófono

Multimédia
Assine o Jornal
Pub
Jooble | Emprego no Brasil
Braganca
Partly Cloudy 10 C 
23 C 
ver mais

Concorda com a construção da auto-estrada que ligará Zamora à fronteira de Quintanilha?
Sim
Não

quanto custa uma gibson les paul
quanto custa uma gibson les paul
25-03-2014 03:52

SUBJ1
ToobiaOrbit
27-01-2014 02:04

SUBJ1
ToobiaOrbit
26-01-2014 00:12