A Senhora é a mesma, o nome é que é diferente

Ter, 11/09/2018 - 11:37


Olá gente boa e amiga!

Durante cinco dias queimei os últimos cartuchos de férias deste ano.

Sou transmontano, mas sou um apaixonado pela região do Minho e nos últimos anos tenho visitado essa região regularmente. Desta vez comecei por Vila Nova de Cerveira, onde estive no Áqua Museu do Lima e no seu belíssimo parque. Depois tive a sorte de estar a decorrer a Bienal de Cerveira, onde pude consolar os olhos em estátuas, animais, flores e casas totalmente decoradas com rendas e tricôs, feitas por cada freguesia do concelho.

Ao chegar ao hotel em Darque (Viana do Castelo), fui surpreendido com a frase “é de Bragança. É o Tio João!”. Era gente da nossa terra, nomeadamente de Izeda, Serapicos (Bragança), Argozelo (Vimioso) e Talhas (Macedo de Cavaleiros). Nesse dia o hotel foi todo nosso. Também aproveitei o tempo para visitar a Póvoa do Varzim e, por fim, fiquei muito surpreendido com a cidade de Esposende, onde para o ano tenho intenção de voltar de férias, porque o meu João André disse que a piscina de ondas estava à nossa espera.

Regressei ao trabalho no dia 10 para iniciar um novo ano lectivo 2018/19 na universidade da vida da Família do Tio João. Durante o meu período de férias, mais uma vez, foi o tio Rui que me substituiu. Segundo ele no sábado, dia 8, foi o programa mais completo e mais participado de todos os que já fez, pois os tios deram um verdadeiro sentido à palavra “maior família do mundo”, com as suas participações com músicas, cânticos e versos à Senhora da Serra, Senhora do Naso e Senhora dos Remédios.

No que diz respeito à agricultura, a tia Austelina, da zona da Vilariça, disse-me que já há muitos dias anda nas vindimas. Em quase todas as terras as batatas já estão arrecadadas. Também muitas localidades ficaram com água na boca ao saberem que na zona de Bragança, Vimioso e Miranda do Douro choveu ininterruptamente durante quatro horas no dia 8, dia de Nossa Senhora da Serra.

Estiveram de parabéns nos últimos dias o tio Alcino Silva (75), de Vinhais; a tia Leonor (74), de Souto da Velha (Torre de Moncorvo) e o tio José Manuel (71), de Constantim (Miranda do Douro). Muitas felicidades com saúde e anos de vida.